Archive

Archive for the ‘Nostalgia’ Category

Nostalgia S01E03: Amar é…

Agosto 10, 2011 5 comentários

Quem não lembra das lindas figurinhas do Amar É…?

Eu me lembro da emoção de comprar um album e colar as primeiras figurinhas nele. Lembro de acompanhar meu pai quando ele ia passar perto de uma banca de jornal para que eu tivesse a oportunidade de pedir um pacotinho novo. Lembro das barganhas com as amiguinhas da escola e daquele momento quando você ainda não completou o album, tem diversas figurinhas repetidas e não sabe mais o que fazer com elas, então, eu colava no caderno, no copo, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê. E lembro de completar o album (que não foi o do Amar é.., infelizmente), do sentimento de vitória, de mostrar para as amiguinhas e me sentir feliz por ter conseguido e triste por ter acabado.

Amar É… é um capítulo da minha história romântica com albuns de figurinhas! Eu sonhava com o bonitinho que estava ali do lado daquela garota sortuda vendo filmes, brigando, reclamando e olhando a lua.

Eu procurei a história do album e achei um post incrível no Colorscreen! Dêem uma passadinha lá pra conferir!

Vamos relembrar das imagens?

(Notem que algumas tem estilos bem diferentes de outras porque elas são de edições / albuns / anos diferentes!)

(Notem também que tem algumas coisas que provavelmente não são oficiais, mas eu deixei aí no meio porque tinha no meu computador e eu achei muito legal! hahahaha)

       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       
       

Post dedicado ao amor.

Nostalgia S01 E02

Junho 25, 2011 1 comentário

Eu sempre fui fã de video-games, Mega, super-nintendo, PS1,2e 3. Todos eles passaram pelas minhas mãos em algum momento da minha vida. Não lembro quando eu vi um pela primeira vez, mas posso avir que vi algum tipo de magia naquela caixa.

Pena que durante muito tempo meu pai achou que video-game era coisa de menino e não me deixava ter um, o que fazia com que eu passasse um tempo considerável na casa de uma vizinha jogando master, ou jogando atari na casa do meu primo, (ele não me deixava jogar o mega dele sem forte supervisão).

É de Atari e todo mundo jogou.

Não que eu fosse game freak de passar horas e horas na frente do video-game, isso só começou a acontecer com FFX (esse sim foi um fim de semana todo dormindo e acordando direto no jogo). Mas achava divertido sentar com os amigos e cada um jogar um pouco, ou tentar descobrir como faz pra fazer algum movimento no ‘surf’ em jogos de verão. O que até hoje eu não aprendi, quem souber me conta.

Desde que saíram os emuladores qualquer pode matar a saudades dos jogos favoritos, mas confesso que jogar no PC não é tão legal quanto no video-game,

Ele já tem 20 anos

por isso eu surtei quando a Sony passou a disponibilizar Sonic, e Streets of Rage pra download na Store. E na década de 90 eu poderia tirar muita onda porque zerei os dois esse fim de semana e Sim virei supersonic, pode conferir o troféu na minha psn.

Sim eu sou o tipo de pessoa que com jogo novo de ps3 prefere jogar jogos velhos de 16bits, podem me queimar na fogueira.

Sei lá, tem algo não só nostálgico, mas também bem mais fácil nos jogos em 2d, do tipo você ‘zerava numa sentada’ sem precisar de detonado. Onde o golpe mais complicado de fazer era meia lua pra frente B.’ Não, nenhum jogo da década de 90 é superior aos novos, alguns são só mais legais.

Se fosse pra fazer uma lista dos jogos que  mais joguei ficaria algo assim:

Jogo do Mickey e era muito bacana

 
Sonic (1 e 2)
MoonWalker (sim o jogo do Michael Jackson)  
Quack Shot (Sol, lua, estrela)  
Streets of Rage (1 e 2)
Castle of Ilusion
Final Fantasy (do VII ao XIII tamo aí, com amor especial ao X)
 

Curiosidade:

O jogo MoonWalker me fez ser fã do Michael Jackson, de tanto que eu joguei aprendi as músicas. Não a cantar certo, mas as músicas passaram a ser parte da minha vida aos oito anos de idade.

Músicas muito boas, pena que você não aprende a cantar certo

Aprendi a jogar pedra papel e tesoura com Alex Kid.

O primeiro jogo que zerei foi Altered beast que por anos eu chamei de alterédi bésti.

Jogos de verão fica muito mais difícil depois dos 20 anos.

Eu nunca entendi o que era o herói de Decap Attack.

Zerei mortal Kombat 1 Jogando com a Sonia, e sempre tomava fatality do kano.

A fase especial do Sonic 1 me deixa tonta, e por isso nunca pego esmeralda em sonic1. Ainda em sonic, eu prendo a respiração em toda fase que ele tem que ficar embaixo d’água.

Michael Jackson

Junho 25, 2011 Deixe um comentário

Dois anos da volta ao seu planeta de origem morte do Michael.

Não acho que alguém ainda precise dizer algo sobre, ou que exista algo não dito.

Um artista deveria ser lembrado pelo seu trabalho, e sinceramente é como eu lembro da maioria deles.

Então… Thriller! Meu clip/música/coreografia do coração.

O Ig fez uma bela seleção de fotos dele, desde a época do Jackson 5. *olha o comercial gratuito*
Super vale a pena dar uma olhada aqui!

 

Nostalgia S01E01

Junho 8, 2011 8 comentários

nostalgia anos 80

Acordei com minha timeline do Twitter comentando sobre o tal vídeo de “Eduardo e Monica”¹, produzido pela Vivo, e numa fração de segundo estava revisitando uma época que estabeleceu boa parte de quem eu sou, os anos 80. (alias, demorou para alguém perceber que a letra era um roteiro pronto)

Você ainda usava fraldas no começo dessa década e eu já tinha meu primeiro namoradinho de escola (a gente até andava de mãos dadas, olha que indecência). É queridos, eu sou a Ogra idosa do grupo! (meus cabelos brancos, dores de coluna e rugas entregam a idade)

¹“Eduardo e Monica” foi a quarta musica mais tocada no Brasil em 1986.

A lista do Top 10 era:
1. Greatest Love of all – Whitney Houston
2. Take my breath away* – Berlin
3. Demais – Veronica Sabino
4. Eduardo e Monica – Legião Urbana
5. Quando gira o mundo – Fabio Jr.
6. The captain of her heart – Double
7. Alagados – Paralamas do sucesso
8. Sina – Djavan
9. Nikita – Elton John
10. That´s what friends are for – Dionne Warwick & Friends
(fonte: Almanaque Anos 80)

*Lembro de parar uma das infindáveis partidas de Enduro, no Atari, para assistir Top Gun. Tom Cruise LINDO, com uma bunda inesquecível, beijos de língua e jaqueta de couro. (by the way, foi quando descobri o que era uma dog tag – só aceitável se você for militar ou o Wolverine)

TopGun Tom Cruise

E falando em 1986, você sabia que:

O Mau, nosso travogro querido, tinha 3 anos; A tae tinha um aninho e a Sara não pensava em nascer ainda… eu já tinha 10 anos!

O cometa Halley passou pela Terra e eu usava conga, com cometa desenhado de canetinha sylvapen.

Estreou “Curtindo a Vida Adoidado”, com o Ferris Bueller/ Matthew Broderick (tão inesquecível quanto a bunda do Tom, mas que não envelheceu tão bem quanto)

Estreou o” Xou da Xuxa”, na Globo (e eu tinha o vinil). Alias, sabia que muito antes da Ana Maria Braga, a Xuxa tinha um papagaio como mascote? No programa da Manchete, ela e o Paquito, o papagaio, dividiam o palco.

Em 86 aconteceu o acidente nuclear de Chernobil, eu não entendi exatamente o que isso significava, mas “A mosca” – que também é de 86 – parecia algo mais assustador naquela época.

Década de 80… Madonna, Thriller, Trapalhões, Viva o Gordo, Trovão Azul, Ravengar, Menudo, Balão Mágico, Indiana Jones, Star Wars, Goonies, Senna, Cigarrinho de chocolate Pan, Chokito, Quik, Genius, Fofolete e Quem-me-quer, Pogobol, Topo Gigio, Pula Pirata, Super Trunfo… Essa temporada de Nostalgia promete ser longa.

Por enquanto é só pessoal… diga “tchau” Lilica…
Beijinho beijinho, tchau tchau!

Categorias:Nostalgia, Ogra Taty Etiquetas:,