Archive

Archive for the ‘Dicas Quentes’ Category

Desafio hobbit nº 3

Agosto 25, 2011 Deixe um comentário

Este é quase um “Tortura hobbit nº 666”, mas vamos lá!

O desafio é: Não deixe a música gravar na cabeça e não cantarole junto com o clip.

Hobbit ruiva 2.343 x ZERO quem tentar me ganhar nessa

Presenteando uma nerd.

Agosto 5, 2011 2 comentários

Você tem uma amiga meio nerd que está fazendo aniversário nos próximos dias? E ainda não faz a menor idéia do que ela gostaria de ganhar de presente, e pra piorar não tem lá muita grana. Ou tem bastante dinheiro e quer comprar um super presente pra ela! Aqui tem várias opções de presentes que podem agradar qualquer nerd.

Coisas fofas:

Capacitor de Fluxo. Porque qualquer pessoa que cresceu assistindo de volta para o futuro gostaria de ter um desses. E vai que sua amiga se inspira e resolve fazer uma máquina do tempo e te levar pra visitar o passado ou o futuro.

Bonequinho do little big planet,são fofos e podem servir pra enfeitar qualquer coisa. Despertador do Star Wars feito de lego. Nem precisa de descrição, é fofo e uma maneira linda de começar o dia. Relógios do Star Wars. Outro que nem precisa de descrição. Action Figure do AT-AT. A

All Stars:

  

São lindos e servem pra toda e qualquer ocasião. Essa coleção que traz super heróis é a coisa mais linda do mundo. Pena que é complicado de achar eles no Brasil. Agora que uma pessoa ficaria super fofa usando um tênis do Mario ou do Batman. Mas se não achar garanto que um all star mais comum também serve. Dica o número do meu pé é 34.

Aleatoriedades:

Camisetas, Jogos de tabuleiro, Iphone (vai que você realmente tem dinheiro), jogo de playstation, cigarreiras. Esses pequenos mimos podem deixar uma pessoa realmente feliz. E outra, jogo de tabuleiro, de playstation, camisetas. Você pode dar de presente e depois de um tempo, sei lá, pedir emprestado pra usar ou jogar também.

Livros:

Sempre um ótimo presente e outro que depois de lido pode ser pedido emprestado. E comprando em inglês um livro sai em média R$ 25.00. Nada caro demais. E garanto que esse box com os 4 livros da coleção Sons of Fire and Ice, vai deixar qualquer ser humano louco.

Agora se sua opção de presente é algo menos nerd. Qualquer menina fica bem feliz ao ganhar uma coleção básica de esmaltes. Não precisa ser uma caixa com 50 vidrinhos. Mas montar um pequeno kit de beleza pode deixar qualquer garota bem feliz. E dá pra montar um kit bem simpático gastando no máximo 15 reais.

Onde achar:

Think Geek

Livraria Cultura

Red Bug

Camiseteria

Submarino

No final das contas o presente nem é tão importante assim, mas por favor não esqueçam de mandar mensagem, ligar, dizer que ama. Até porque, aniversário tende a ser uma data complicada.

Desafio hobbit nº 2

Agosto 1, 2011 1 comentário

Assista Community e não se apaixone pelo Abed (Danny Pudi). Este é um desafio ao estilo “Missão Impossível”!

São episódios curtos, 20 a 25 minutos, divertidos e leves. Eu viciei e apaixonei mega fácil, ou seja, perdi feio o desafio!

A série faz varias referências, piadas e citações a temas atuais e do mundo “nerd”. Chevy Chase, Ken Jeong e Jim Rash são destaques interessantes e hilários, eu diria. A Sony transmite às sextas feiras, mas clique aqui  para baixar em avi (por torrent)

Esta é a abertura do S02E14, um dos meus favoritos até agora.

P.S.: O Joel McHale aparece váaarias vezes sem camisa ou só de cueca, vamos combinar que é um motivo bacana ver esse delicio desfilando na telinha assim, certo? *pra mim é, então ótimo*

Desafio hobbit nº 1

Julho 27, 2011 3 comentários

Acredito que seja muito mais legal perder esses meus desafios, mas vamos lá:

Resista sair dançando como uma pomba gira louca se for capaz

Direto da Wikipedia:

“Smooth Criminal” é o sétimo single do cantor e compositor norte-americano Michael Jackson, para seu sétimo álbum de estúdio em carreira solo, Bad, de 1987. O videoclipe de “Smooth Criminal” é parte do filme Moonwalker, de Jackson, no qual o cantor aparece de terno e chapéu brancos exibindo passos de dança extremamente inovadores e se unindo a mafiosos num bar.

Desafio 1.1: Não cantarole a musica até o final do dia

P.S.: Voces viram meu Ozzy (a.k.a. meu gato preto) no clipe, certo?

MythBusters especial Gatos

Julho 22, 2011 2 comentários

Quem me conhece um pouquinho, ou já viu alguma coisa sobre mim (em qualquer rede social), sabe do meu amor incondicional por pequenos felinos miantes.

Mas nem sempre foi assim. Eu aprendi a andar com um cachorro (Ringo, um pastor alemão), cresci com cachorros em casa e não tinha nenhuma convivência com gatos. Até que fui dormir na casa de uma amiga e ela tinha uma gata.  Resumindo tudo: Crise de vesícula, repouso e BUM!

Durante todo meu período de cama, a gata não saiu do meu lado, quase imóvel, a não ser pelos momentos que ela sentava para me olhar chorar de dor. Foi inevitável… vi o olhar de compaixão e apaixonei. Pouco tempo depois, tive a honra de conhecer (e adotar) o primeiro de todos os muitos felinos que habitam minha vida.

Mas calma, não vou contar a historia de cada um deles… queria ajudar a quebrar certos tabus, idiotas, que ajudam um bocado nos maus tratos e discriminação dos pequenos.

Gatos não são traiçoeiros. São independentes, espertos, meticulosos, normalmente tranqüilos, ao contrário do que se pensa, carinhosos e instintivos.

By the  way: Traiçoeiro – adj.

1. Que usa de traição.

2. Em que há traição.

3. Relativo a traição.

4. Pérfido; desleal; covarde.

Captou a mensagem? Ser traiçoeiro é ter a capacidade de enganar um ser vivo para prejudicá-lo. Requer planejamento e más intenções. É uma característica unicamente humana. Se eles não planejam suas próprias caças, agindo de acordo com suas vontades, necessidades e instintos, não planejariam algo contra o “dono” just for fun!

Outro mito: gatos e cachorros se odeiam gratuitamente. Historia rápida: eu tive uma pitbull (mais um milhão de mitos estúpidos) que, mesmo sem nunca ter tido filhotes, produziu leite e adotou meus primeiros filhotes felinos (que não tinham a mãe por perto logo que nasceram).

Com a palavra quem entende: Thiago Moreira Mendes, biólogo especialista em comportamento: “Cães e gatos não são inimigos naturais. Geralmente, eles não se dão bem por serem territoriais, mas isso só ocorre com gato ou cão invasor e com animais que não foram socializados para aceitar outros”.

E pensar que as crias dos gatos de velho Hemingway ainda vivem na casa em que ele morreu em 1961.

Falando nisso… alguns dos meus escritores favoritos e seus companheiros queridos:

Clique em qualquer uma das imagens para abrir a galeria. Outras fotos aqui

“Esquentam nosso colo e nos dão alguém para falar.

Ajudam a baixar a pressão.

Criam um elo entre você e as outras pessoas que têm gatos.

Transformam objetos comuns em brinquedos.

Nos faz mais atentas aos pássaros.

Funcionam como alarme.

Exibem acrobacias para você.

Contribuem para tornar sua vida mais longa.

Enfeitam o peitoril da janela.

Mantém os ratos longe.

Nos fazem sorrir.

Inspiram os poetas e escritores

Nos ensinam a ter os pés no chão,

Nos fazem deixar nossos desejos em segundo plano em prol de alguém.

Aquecem nossas casas e nossos corações.

Nos lembram de como a vida é misteriosa.

Compartilham conosco o seu ronronar.

Nos instruem na arte de se espreguiçar.

Mostram-nos como levantar a poeira e dar a volta por cima.

Fazem com que até nosso sofá velho pareça bonito

Abrem nossos corações.”

(Autor desconhecido)

Guia Ogrístico de Convivência – Stalker S.A.

Junho 29, 2011 2 comentários

Sou Agente Secreto.

Seu nome é Bond, James Bond. Você é um espião buscando informações ultra secretas de uma organização perigosa, você deixaria rastros? ( ) sim. ( ) não.

Se você respondeu não, você continua vivo, atuando e cada vez deixando a organização mais suscetível à erros, que é a liberação de informações confidenciais para que suas ávidas mãos possam roubá-la.

Esta, meus amigos, é a única lição que qualquer um tem que aprender sobre o stalk: discrição.

O que é:

Todos, sem excessão, temos uma característica voyer. Todo mundo gosta de olhar, se mostrar, saber as novidades e, em alguns casos mais extremos, saber todos os detalhes sórdidos.

  • No Michaelis:

stalker, stalk.er, n caçador à espreita.

  • No real:

1) Aquele coleguinha que ficava com o binóculo olhando a gatinha se trocando na casa da frente. 2) O outro coleguinha que perseguia a namorada até o shopping pra ver se ela realmente iria no cinema com as amigas. 3) A coleguinha que ficava no portão de casa fingindo lavar o carro pra ver que horas o namorado ia passar e saber se ele voltou direto do trabalho. 4) O namoradinho que briga com a namoradinha e persegue o ônibus que ela entrou escondida até a casa dela para eles continuarem “conversando” e ver se ela não muda a sua opinião sobre o término do namoro. 5)  E tantos outros que fiquei com preguiça de citar, mas queria adicionar aqui que todas os casos acima citados não vieram da novela ou da minha mente fértil, foi real mesmo.

  • Na internet:

As redes sociais são o exemplo de que todo mundo é mexeriqueiro. Ali você conta o que quer e vê o que deixam.

O que a sua mamãe te explicaria que é feio fazer:

A internet abriu as portas e as janelas dos nossos quartos e cada um tem que saber as informações que disponibiliza, porém existe uma tênue linha entre o que é uma pessoa curiosa, uma pessoa interessada e um stalker maluco que vai te matar.

Achei tendência.

  • O curioso:

Uma pessoa curiosa nunca, jamais, de forma alguma comenta qualquer tipo de informação disponibilizada pelo seu alvo. É tipo descobrir que aquele seu conhecido que você pegou a uns 10 anos atrás casou e colocou as fotos do noivado no facebook e a lista de presentes. Aí você vai lá dar uma olhadinha para destilar um veneninho só de curiosidade assim que descobre que a garota está grávida e que a lista de presentes contém uma jarra de suco em forma de abacaxi.

  • O interessado:

A pessoa é conhecida, você tem um contato amigável e vocês estão se seguindo no twitter, não tem problema nenhum você comentar que ela pode contar com você no problema que ela está tendo na matéria xis já que você deu monitoria desta matéria durante algum tempo. Algumas coisas são legais de comentar e mostrar interesse. Curta no facebook, comente, aproveite.

  • O assassino:

Aí você descobriu que aquela gorda escrota que estudou com você na quinta série está gorda ainda, mas está gatinha e tem peitos e é divertida. Você quer investir, quer se mostrar interessado, quer que ela saiba que você existe e que não é mais babaca e nem vai dar nenhum apelidinho pra ela. Assim você cria uma ótima tática de comentar, curtir e elogiar tudo que ela escreve. Absolutamente tudo:  T.U.D.O. Ora, meu amigo, você acaba de cavar sua cova, comprar seu caixão e se enterrar vivo sem celular.

Sabe que comentário eu acho um must? “HAHAHAAHAHA” Não tem nada mais babaca do que uma pessoa que comenta “HAHAHA” em tudo. Não adiciona, não comenta, apenas um espectador, um baba ovo profissional e não existe nenhum mérito nisso. Nenhum estalkeado vai virar e dizer “poxa, que legal, esse cara me curte!”, ele vai pensar “porra, mas pq esse cara não arruma uma vida e me deixa com a minha?”.

Claro que o estalkeado não vai falar isso na cara do stalker. Talvez nem porque ele é legal, pode ser que ele tem medo de você.

Perigos e Contra Indicações:

Pois é, meus amigos, nem tudo são rosas no stalk. Incomodar as outras pessoas é o de menos, o problema é quando o stalk faz mal pra você. Como?

AI MEU DEUS A ENERGIA CAIU - vou ver o facebook do celular.

  • Você pode se viciar.

Nada pior do que o vício do stalk. Você passa 24 horas no dia  pensando o que a pessoa pode estar fazendo, você se preocupa de perder algo (mesmo sabendo que poderá ver depois). Aí você acorda as 3h33 da manhã sem se lembrar que esta é a “hora do demonho” e sem nem pensar na possibilidade de você pode ser a estrela do novo sucesso de hollywood (baseado em fatos reais) “O Exorcista Contemporâneo”. Você só vai lembrar do maldito puto que você está estalkeando e que neste momento ele pode estar fazendo algo interessante na internet.

(só explicando aqui que isso nunca aconteceu comigo, foi com uma amiga de uma amiga, tá?)

  • As pessoas podem te achar esquisito.

Bom, aqui é tudo uma questão de como você quer ser visto. Como um chato de galocha, um maluco ou uma pessoa normal. Se a sua cara for que nem a minha, que está com essa eterna expressão a la Jack Nicholson no Iluminado, não teria como alguém te achar normal, então delicie-se com a experiência de assustar seu alvo.

  • Você pode sofrer.

Nada à declarar

Porque não dar uma olhadinha no perfil do facebook daquele seu ex? Já passou tanto tempo  mesmo! Aí  você descobre que “Fulano posta no mural de Cicrana – Minha linda, faz 5 minutos que você foi embora e estou morrendo de saudade de você, amor da minha vida, minha melhor namorada” faz seu coração sangrar. Você olhou porque é burro, depois não me diga que eu não avisei.

(só explicando aqui que isso nunca aconteceu comigo, foi com uma amiga de uma amiga, tá?)

Conclusão:

Stalk é delícia, é sexo com amor, é pimenta na feijoada, mas, é principalmente o azeite de dendê no seu vatapá: A dica é usar com moderação, porque pode te causar uma bela de uma dor de barriga.

Beer Gloss da Heineken

Junho 14, 2011 3 comentários

Todas as antenadinhas no mundo da moda ou das bebidas (ou quem tem amigas assim nas redes sociais) já devem ter visto a campanha do Gloss Beer da Heineken no Facebook, ou não?

No Dia dos Namorados deste ano a Heineken fez uma campanha divertida sobre um novo produto, o Beer Gloss, um gloss sabor cerveja que seria um ótimo presente para ela que ele iria aproveitar também.

O aplicativo do Facebook tem como desculpa mostrar onde você pode adquirir o seu gloss que, conforme informado, não está a venda. Tem até um comercial de como utilizar, mas não se esqueça de entrar no app e participar da promoção supimpa que está rolando!

Como boa cervejeira curiosa que sou fui correndo ver no mapa quais os estabelecimentos da minha cidade tinham o gloss disponível a partir do dia 10. Imaginem a minha surpresa quando descobri que não seria tão simples quanto informado no site: para ganhar o gloss eu teria que consumir uma certa quantidade de itens. O mais agradável, na minha opinião, foi o consumo de duas garrafas de 600ml de Heineken.

Corri até o local da minha preferência e pedi logo o super gloss que faria dos meus sonhos realidade e felicidade de todos os lindos cervejeiros do meu Brasil varonil.

Recebi aquele pacotinho verde com o rótulo da Heineken, contendo um gloss amarelo com glitter dourado muito recatado.

Sinceramente eu não gostei da apresentação. Se o gloss tivesse vindo em uma caixinha simples com as mesmas informações daquele panfleto gigantesco teria ficado lindo, mas aquele papel grosso em forma de fichário parecendo uma amostra de perfume gigante não fez meu coração bater mais forte (o que era até fácil em um domingo de 12 de Junho).

A primeira coisa que queria fazer claro que era provar. E o que qualquer criança sem maldade faz com aquilo que ela pega na mão? Cheira. Pois é. Eu jamais imaginaria deveria ter imaginado que o cheiro do gloss poderia se parecer com cheiro de cerveja choca.

As outras características do gloss são boas:

– O sabor é bem suave se você comparar a Heineken em si. Não acredito que seria um problema para as que não apreciam tanto uma bela cerveja, já que eu só consegui sentir o gosto utilizando uma grande quantidade nos lábios e lambendo.

– O glitter discreto pode ser colocado depois de qualquer batom

– Após alguns minutos o gloss refresca os lábios dando uma sensação muito boa. Aposto que ele é delicioso no verão.

– Não é extremamente grudento e não ressecou meus lábios.

Nota final: 4. Ou seja, jamais compraria de verdade, só estou usando pela diversão de dizer que meu gloss é de cerveja.

Como diria o amigo @sonambulismo: É um bom exemplo de como boas idéias nem sempre geram bons produtos.